Autonomia do melhor
em expressão de imagens

Uma linha vermelha brilhante no corpo da lente, o luxo da letra ‘L’…
A série L de lentes EF da Canon distingue-se pelo insuperável desempenho de imagens
e superiores funcionamento, durabilidade e robustez que exemplificam a qualidade profissional.

Incorporando materiais ópticos especializados como fluorita sintético,
vidro UD e SuperUD e lentes asféricas de grande abertura e alta precisão; apenas as lentes
que têm os mais altos padrões de desempenho fotográfico podem ter a designação ‘L’.

Matrizes luxuosas de lentes são produzidas de acordo com teorias ópticas antigas
com tecnologia de processamento de alta precisão, tudo em busca do padrão ideal.

O resultado:
A série L de lentes EF da Canon.

A HISTÓRIA DA SÉRIE L

Expandindo o potencial dos fotógrafos,
sem restrições.
A história da lente da série L da Canon comemora
a busca constante do ideal.

HISTÓRIA

1969

A primeira lente de câmera da Canon a utilizar fluorita

FL-F300mm f/5.6

Desde o início a Canon se propôs à pesquisa para desenvolver a fluorita, que possui características que os vidros óticos não possuem, um material específico para lentes de câmeras. Fluorita natural, no entanto, é difícil de encontrar em cristais grandes e é cheio de impurezas, tornando-o impossível de utilizar em lentes. A Canon logrou êxito no desenvolvimento de técnicas para eliminar as impurezas e cultivar cristais artificialmente. A primeira lente da Canon a utilizar fluorita foi a FL-F 300mm f/5.6. Não apenas a fluorita teve êxito na eliminação da aberração de cores, como também possibilitou projetar lentes menores. Esta lente de 300 mm foi uma lente supertelefoto compacta e inovadora para sua época. Esses elementos de lente de fluorita foram incorporados em muitas lentes EF, além de muitas das lentes d supertelefoto de alto desempenho da série L.

1982

SLente super grande-angular projetada com software avançado da Canon

Nova FD 14mm f/2.8L

Esta foi a lente com o ângulo mais amplo na série de lentes FD, empregando elementos de lente asférica para eliminar distorção. A Canon desenvolveu o software para projetar a lente asférica utilizando computadores. Foi necessário começar com o básico e tecnologias rudimentares a fim de continuar a produzir tecnologias avançadas.

1989

A lente AF SLR de maior abertura do mundo

EF 50mm f/1.0L USM

Esta lente padrão apresentou a maior abertura de qualquer lente de câmera SLR de 35 mm quando foi à venda. Com dois elementos asféricos base polidos e quatro elementos de lente de vidro de alto índice de refração, proporcionou desempenho notável de imagens com alto contraste e reflexos mínimos, mesmo na abertura máxima de f/1.0. O mecanismo flutuante ajudou a manter alta qualidade de imagem, mesmo em distâncias de enfoque próximo, enquanto a função do foco manual eletrônico permitiu foco manual em tempo integral com um toque muito leve, mesmo no modo de foco automático. Isto funcionou para aprimorar o foco automático que já era rápido e que empregava o anel tipo USM (Motor ultrassônico).

1993

A primeira* lente zoom intercambiável do mundo para câmeras SLR com uma proporção de ampliação de dez vezes

EF 35-350mm f/3.5-5.6L USM

A proporção de zoom de dez vezes de expansão foi a primeira para as lentes zoom das câmeras SLR. Apresentando cobertura de grande-angular a super-telefoto, esta lente oferecia desempenho confiável em situações que exigiam alta mobilidade, como fotografia de esportes. Com seu sistema de zoom de seis grupos com cinco grupos móveis, seu design combinou de modo bem-sucedido uma alta proporção de zoom com o fato de ser compacta. Duas lentes UD foram incorporadas para corrigir aberrações de cores, o que resultou em imagens de alta resolução e notável contraste. Além disso, esta lente era conhecida por recursos como um mecanismo girando suavemente no tripé, um anel especial para ajustar fricção de zoom, foco manual de tempo integral e outras conveniências. *Para câmeras SLR com lentes intercambiáveis

1997

A primeira lente da série L apresentando um mecanismo de estabilização da imagem

EF 300mm f/4L IS USM

Sendo a primeira lente profissional da Canon a ser equipada com um mecanismo de estabilização da imagem, esta lente telefoto aprimora e muito a mobilidade das capturas ao permitir capturas à mão livre em situações que antes exigiam o uso de um tripé. Seu mecanismo produz um efeito que equivale à utilização de uma velocidade de obturador que seja de aproximadamente dois pontos mais rápida.* A lente apresenta dois modos: modo 1, que é eficaz para fotografar objetos estáticos, e modo 2, que é adequado para movimentos panorâmicos. Duas lentes UD (dispersão ultrabaixa) no sistema ótico minimizam aberrações cromáticas e proporcionam altos contraste e claridade por todas as imagens. Ao ajudar a comprovar que um mecanismo de estabilização de imagem é útil mesmo para fotógrafos profissionais habilidosos, este produto abriu o caminho para um número crescente de fotógrafos profissionais que utilizam rotineiramente as lentes Canon IS com mecanismos de estabilização de imagens. *Medindo a partir de “1/(distância focal) segundo”, que é considerada a mais lenta velocidade possível para obturador em que os usuários podem realizar fotos manualmente sem fazer com que a câmera trepide.

2008

A primeira* lente de câmera do mundo a empregar SWC (revestimento de estrutura de sub-comprimento de onda)

EF 24mm f/1.4L II USM

Esta lente grande-angular de 24 mm e amplo diâmetro emprega a revolucionária tecnologia anti-reflexo SWC pela primeira vez no mundo*. Utilizando construções em escala nanométrica, ainda menor do que os comprimentos de onda de luz visível, o SWC minimiza, de modo eficaz, reflexos e efeitos ”ghosting” da lente causados por incidência de luz em ângulo extremamente amplo, o que é difícil de impedir com revestimentos convencionais de filme depositado em vapor. SWC comprova a eficácia de um novo método de tecnologia anti-reflexos que aproveita a construção microscópica em uma superfície de lente. Além disso, a EF 24mm f/1.4L II USM emprega dois elementos de lente asférica de alta precisão moldadas em vidro e dois elementos de lente de dispersão ultrabaixa para eliminar de modo eficaz vários tipos de aberrações. E mais: o mecanismo de flutuação apresentado proporciona imagens de alta resolução e alto contraste em toda a área da foto. A Canon continuará seus avanços de desenvolvimento por meio de seus conhecimentos sofisticados, utilizando o SWC como a principal tecnologia para expandir a liberdade do design do produto ótico. *Entre as lentes fotográficas

2009

A primeira* lente de câmera SLR intercambiável a empregar Hybrid IS

EF 100mm f/2.8L Macro IS USM

Esta lente macro telefoto média apresenta o Hybrid IS (Estabilizador de imagens) da Canon – o primeiro* estabilizador de imagens capaz de compensar trepidações da câmera em inclinação e deslocamento. A compensação de trepidação de inclinação auxilia em muitas situações de disparo, enquanto a compensação de trepidação de deslocamentos é especialmente útil ao fotografar em proximidade. Além do giroscópio para vibração (sensor de velocidade angular) encontrado nos sistemas óticos de IS anteriores, o Hybrid IS inclui um sensor de aceleração para detectar a trepidação da câmera, que ocorre paralelamente ao plano focal. Um novo algoritmo calcula a trepidação com base em leituras feitas a partir de dois sensores e, em seguida, ajusta elementos da lente para compensar simultaneamente as trepidações da câmera por inclinação e deslocamento. Esta abordagem dupla visa minimizar os efeitos de trepidação da câmera e aprimora enormemente a capacidade de realizar fotos macro à mão livre. Além disso, a EF 100mm f/2.8L Macro IS USM inclui um elemento de lente UD para corrigir aberrações cromáticas. Os resultados finais são qualidade de imagem extremamente superior, excelente durabilidade e fácil funcionamento, tudo o que se espera das lentes da série L. *Para câmeras SLR com lentes intercambiáveis

2010

Apresentando a primeira lente EF com revestimento de flúor

EF 70-300mm f/4-5.6L IS USM

Esta lente zoom telefoto é a primeira lente EF com revestimento de flúor para redução da probabilidade de poeira ou manchas que afetem a qualidade da imagem e a frequência de limpeza da lente. A superfície plana e lisa do revestimento, com sua superior repelência a umidade (incluindo óleo), limita a possibilidade de poeira aderir à lente e facilita a limpeza, frequentemente com apenas uma escova ou soprador de ar, se houver necessidade. Graxa, que é difícil de remover dos dedos, também pode ser rapidamente retirada com um pano macio seco sem a necessidade de solventes de limpeza especiais. Agora, graças a este revestimento de flúor, os fotógrafos podem desfrutar de imagens mais limpas e com menos manutenção.

2011

A primeira* lente zoom olho de peixe do mundo para capturar fotos em enquadramento circular e retangular integral

EF 8-15mm f/4L objetiva olho de peixe USM

Esta é a primeira lente zoom olho de peixe do mundo que abrange um ângulo de 180 graus de visualização horizontal e verticalmente. Fotos de objetiva olho de peixe circulares com um ângulo de 180 graus de visualização em todas as direções podem ser feitas com câmeras DSLR de 35 mm e enquadramento integral na distância focal de 8 mm, registrando de modo eficaz todos os assuntos. Além disso, independentemente do tamanho do sensor, a lente captura fotos olho de peixe com um ângulo de visão diagonal de 180 graus. Há também um limitador de zoom para facilitar o enquadramento. Distância mínima de foco de até 0,15 m, permitindo que os fotógrafos aproveitem a visão exclusiva proporcionada pela perspectiva especial. *Para uma câmera SLR com de lente intercambiável.

2013

A primeira* lente zoom ultra-telefoto com extensor incorporado

EF 200-400mm f/4L IS USM Extensor 1.4x

Graças a um extensor de 1,4 x integrado, esta notável lente zoom ultra-telefoto permite que os usuários alterem seu alcance focal de 200-400 mm a 280-560 mm com uma operação rápida e simples. Isto abre novas possibilidades de capturas, permitindo que um fotógrafo alterne em movimento a distância focal de 400 mm a 560 mm e, ao mesmo tempo, faça fotos e olhe pelo visor, por exemplo. Um design ótico exclusivo incorporando uma lente de fluorita e quatro lentes de dispersão ultrabaixa aprimoram a capacidade desta lente de garantir imagens que se comparem às lentes ultra-telefoto fixas e o faz em toda a faixa de zoom, mesmo quando o extensor for utilizado. Embora apresente 33 elementos em 24 grupos – um número de elementos que se classifica entre os mais altos da série de lentes EF – a lente é surpreendentemente compacta, convenientemente utilizável e confiavelmente durável ao apresentarum moderno design mecânico, materiais de ponta e altas tecnologias de produção. Além disso, a distância focal máxima da lente pode ser aumentada até o equivalente a 780 mm ao utilizar o extensor incorporado em conjunto com um extensor EF 1.4x III anexado. Esta combinação permite uma abertura máxima de f/8, possibilitando utilizar o AF com câmeras como EOS-1D X. Anexar um extensor EF 2x III em vez de um extensor EF 1.4x III efetivamente transforma esta lente em uma lente zoom ultra-telefoto com distância focal máxima de 1.120 mm. Com todos esses recursos, esta lente zoom de alto desempenho abre o caminho para novas possibilidades de capturas telefoto. *Entre as lentes intercambiáveis para SLRs

2014

Incorporação de ASC para reduzir ainda mais reflexos e efeito fantasma

EF 100-400mm
f/4.5-5.6L IS II USM

ASC (revestimento de esfera de ar), uma tecnologia que forma um filme que incorpora esferas de ar sobre o revestimento de depósito de vapor, criando uma camada com índice de refração ultrabaixa, apresentada pela primeira vez nesta lente. Produzindo excelentes efeitos anti-reflexo, principalmente no que diz respeito a luz que incide em ângulos quase verticais, este revestimento resulta em uma redução significativa de reflexos e fantasmas. A adição de fluorita e elementos de lente Super UD produzem uma potência excepcional de renderização de imagens. Apresenta estabilização de imagem que oferece compensação por trepidação de câmera por aproximadamente quatro etapas de velocidade do obturador para apoiar capturas telefoto à mão livre, um zoom rotacional que permite ajustes pequenos na composição em posições definidas e uma distância mínima de foco de 0,98 m, esta lente versátil de alto desempenho é apropriada para uma variedade de cenários.

2015

A lente zoom ultra-grande angular de ângulo mais aberto do mundo*

EF 11-24mm f/4L USM

A lente zoom ultra-grande-angular de ângulo mais amplo do mundo alcança impressionantes 11 mm de distância focal. A matriz da lente incorpora quatro lentes asféricas, incluindo a lente asférica base de maior diâmetro do mundo (87 mm). A aplicação irrestrita de tecnologia exclusiva da Canon minimiza as distorções que normalmente ocorrem com lentes grandes-angulares, alcançando desempenho de imagem condizente com a cobiçada designação “L”. Além das lentes asféricas base, a incorporação de lentes UD e Super UD corrigem aberração cromática, enquanto a aplicação das tecnologias anti-reflexo SWC e ASC reduzem fantasmas e reflexos. *Entre as lentes intercambiáveis DSLR e mirrorless; exceto para as lentes olho de peixe. *Entre os elementos de lente asférica em lentes intercambiáveis DSLR e mirrorless.

2015

Apresentação da lente BR

EF 35mm f/1.4L II USM

Esta lente é a primeira a incorporar a lente BR (ótica de refração de espectro azul) exclusiva da Canon, desenvolvida para correção ideal de aberração cromática. Apresentando características singulares de dispersão anômala que proporcionam grande refração de luz azul (espectro de comprimentos de onda curtos), a ótica BR corrige a aberração cromática que normalmente ocorre em lentes de grande abertura. Além da lente BR, a incorporação de lentes asféricas polidas e de dispersão ultrabaixa garante excepcional desempenho de renderização do centro até as bordas do enquadramento, mesmo ao capturar em abertura máxima. A abertura ampla de f/1.4 facilita capturas sem tripé em iluminação fraca e efeitos atraentes de desfoque, enquanto a perspectiva do visor é clara e vívida.