Boas fotos também podem ser a alma do negócio. Que tal pegar algumas dicas para fazer lindas imagens de produto?

Eu, desde o início da carreira, gosto muito de observar a reação das luzes em um produto. Isso ensina muito a entender e compreender melhor os vários tipos de luzes. Duras, difusas, reflexos e brilhos. O ato de observar as luzes é muito introspectivo. Não há como outra pessoa fazer por você, não se descreve; apenas se percebe... ou não.


Canon EOS 6D – ISO 250 – 1 segundo – f/22 – EF 24-70mm f/4L IS USM em 25mm

Com frequência sou questionado sobre o porquê de preferir a fotografia de still (produto) à fotografia de moda, por exemplo. Eu sempre alerto que apesar de moda quase sempre ter modelo envolvido, o intuito da foto é sempre a venda de um produto. Eu sempre vi a fotografia de produto como a melhor maneira para formar um bom fotógrafo. Claro que não apenas ela, mas pra mim é uma das mais eficientes.

Pratique e pesquise referências

Com o tempo, de tanto “apanhar” da luz, aprendi a enxergar e de certa forma até namorar cada detalhe, cada milímetro do produto. Além disso, gosto sempre de saber mais sobre um o produto que vou fotografar, principalmente com peças assinadas por designers. Eles sempre fazem questão de acompanhar as fotos.


Canon EOS Canon 6D – ISO 125 – 1/125 – f13 – EF 70-200mm f/2.8 L USM em 85mm

Um exemplo bem prático disso são as luminárias, que se não mostrarmos sua real função como objeto de iluminação não há como vender corretamente o produto. Além de registrar a estética criada do produto, faço questão de fazer uma foto com dupla exposição - com o estúdio todo escuro, usando apenas o disparo do flash e sem a lâmpada guia acesa. Assim eu registro a luz gerada pela luminária acesa com o obturador continuando aberto.


Canon EOS Canon 6D – ISO 200 – 0,4 – f9 – EF 70-200mm f/2.8 L USM

Pode parecer fácil, mas trata-se se fazermos duas medições de luz: a da intensidade do disparo do flash e a do tempo de obturação que a lâmpada da luminária está gerando. Quando faço esse tipo de foto na frente do cliente há sempre um ar de “nossa, como você fez isso?”.


Canon EOS Canon 6D – ISO 100 1/160 – f/11 – EF 24-70mm f/4L IS USM

Nesse mesmo sentido de sempre observar o produto, entendendo sua forma e função, gosto muito de usar a sombra como elemento compositivo e, em alguns casos, até mostrando partes ocultas pelo ponto de vista do produto. Sempre rende boas imagens.

Dicas e macetes

Quando o produto é uma garrafa, por exemplo, quase sempre é solicitado pelo cliente ou agência que esteja “gelada”. Claro, isso não é feito deixando as garrafas no freezer para aparentarem estar geladas. Para esse tipo de registro, prefiro usar uma lente EF 100mm f/2.8L Macro IS USM, que além de máxima nitidez me dá opção de fazer detalhes mínimos do produto.


Fusão entre duas imagens – EOS Canon 6D – ISO 100 - 1/125 – f16 – Lente EF 100mm f/2.8L Macro IS USM

Para garrafa parecer gelada eu faço uso de um verniz de uso artístico, que se pode comprar em papelarias do ramo. Aplico pelo menos três camadas desse verniz, que pode ser fosco ou brilhante, depende do efeito pretende.

Dica importante: não exagere - aplique três camadas bem suaves e bem espalhadas ou duas camadas mais grossas.
Esse verniz vai dar um aspecto opaco à garrafa. Depois disso borrifo glicerina líquida misturada 2/1 com água. Aqui é importante se atentar à distância.

Recomendo borrifar a aproximadamente um metro da garrafa para criar as gotas de “suor” na garrafa. Caso ainda queira aumentar o tamanho de algumas gotas localizadas em espaços estratégicos, use uma seringa com glicerina pura. É uma injeção delicada, quase microscópica, que vai deixar as gotas mais gordinhas.


Canon EOS Canon 7D – ISO 100 1/125 – f8 – EF 24-70mm f/4L IS USM

Outra coisa bem interessante é usar objetos cênicos para dar a referência da escala de tamanho do produto, só assim se consegue dimensionar um sofá ou uma poltrona, por exemplo. Cada produto tem um detalhe específico, mesmo que seja uma camisa de futebol, ou uma bola, pergunte sempre para o cliente.

Fotografando com fundo branco

Para fotografar produtos brancos com o fundo branco. Se for fotografar um sofá, por exemplo, eu usaria duas cabeças de flash de estúdio. Uma bem forte e ampla na frente e uma ou duas para o fundo super-expor, gerando o branco que o fundo pede. E no caso de produtos maiores gosto muito de usar a lente EF 24-70mm f/2.8L II USM por ser muito versátil.


EOS Canon 6D – ISO 160 1/160 – f8 – EF 24-70mm f/4L IS USM

Experimente e treine bastante

Não há milagres, iluminar requer consciência técnica e claro, ter errado anteriormente para aprender e aplicar melhor a técnica. O cliente quer ver o produto dele ali na hora, não adianta dizer que usará ferramenta de edição na pós, ele não compreende isso, muito melhor mostrar que sabe o que está fazendo “ao vivo”.

Uma grande dica que me foi passada há anos foi a de errar muito e se esforçar para entender o máximo que puder sobre as técnicas aplicadas antes de aceitar um pedido de orçamento. Assim, você entregará o seu melhor e atenderá as expectativas do seu cliente.

Pratique MUITO e Boas fotos!

 
jd7ZN238P7hfg7EFP57mXjZx https://dashboard.nama.ai false CanonBot Olá, eu sou Canonbot, o assistente virtual da Canon do Brasil. Aqui você poderá solicitar serviço de assistência técnica, consultar sobre produtos e tirar algumas dúvidas sobre a nossa loja virtual oficial! Como posso ajudar? Rastrear Pedido Assistência Técnica CPS Canon College Filmadoras Lentes Câmeras Flash Loja Virtual Impressora https://www.canon.com.br/img/layout/logo-chat.png 30